Make your own free website on Tripod.com
.*.ETERNAMENTE COLEGIAIS.*.
*POESIAS E REFLEXÕES*

Home
*TABELA ASCII*
*A LETRA DO SEU NOME*
*TESTE DOS SÍMBOLOS*
*COMO VC LEVA SUA VIDA?*
*CHARGES*
*TESTES*
*HORÓSCOPO DIÁRIO*
*LOOK*
*POESIAS E REFLEXÕES*
*FRASES*
*QUEM SOMOS*
*ROUPA DOS SIGNOS*
*BEIJO DE CADA SIGNO*
*MUDE SEU NICK*
*PIADAS SOBRE HOMENS*
*FOTOS*
*DICIONÁRIO DOS SONHOS*
*HORÓSCOPO CHINÊS*
*100 EU TE AMOS*
*LINKS*
*FORAS*

" Desesperada é como me sinto.
Meu coração está explodindo .
Não sei porque tanta tristeza .
Tento ser eu mesma.
Mas a dor que sinto não me deixa.
Tento pensar em todas as hipóteses possíveis para me tirar desta .
Mas só o que penso é como pode estar tão feliz e sorridente.
Enquanto eu , tão triste e descontente.
Não te quero mais.
Mas o amor que sinto não me deixa em paz.
Estou tentando ser diferente.
Mas não consigo me sentir contente.
Um grande sentimento explode dentro do meu peito.
E começo a ter medo.
Não consigo estar em paz.
E acabo sem saber o fim que me é capaz...."

 

 

Odeio ver você chegar e iluminar meu dia
Odeio seu abraço me envolvendo em noites frias
Odeio sua voz sussurrando palavras doces em meu ouvido
Odeio olhar em seus olhos e ver em você um amigo
Odeio a saudade que sinto quando você vai embora
Odeio sentir seu perfume em qualquer lugar que eu vá, a toda hora
Odeio beijar outras bocas com o pensamento em você
Odeio pensar em você o dia inteiro,dormir e sonhar com você
Odeio ver seu rosto entre a multidão e ver que na verdade era apenas um rosto desconhecido,uma farsa
E odeio mais ainda,não conseguir te odiar,por mais que eu tente ou por menos que você faça.

 

 
Se pesos de areia caírem sobre mim.
Se lençóis de cimento, protegerem meu corpo.
Lembra-te! Não morri, estou vivendo cada vez mais.
Se abrires a porta do meu quarto e a cama estiver vazia, deita-te, estarei ao teu lado.
Não morri estou vivendo cada vez mais.
Se estiveres triste, lembra-te dos meus sorrisos.
Se sentires solidão, lembra-te da minha voz.
Se sentires tédio, lembra-te dos meus carinhos.
Se quiseres chorar, chores enxugarei tuas lagrimas com as mãos invisíveis que tenho agora.
Não morri, estou vivendo cada vez mais.
Se chamares por mim, te ouvirei.
Se quiseres me ver, olha-me, no velho retrato que guardas no álbum de recordações.
Para sentir-me, abraça-te ao travesseiro que outrora me adormeceu.
Ele tem o perfume das rosas, a maciez das plumas e o aconchego da paz.
Se por acaso quiseres esquecer-me, lembre-te apenas não morri, passei pela vida que fica para todos. Mesmo passando, lembra-te que fico, para ti serei eterno



É egraçado
Às vezes a gente sente
Fica Pensando
Que está sendo amado
Que está amando
E que encontrou tudo o que a vida
Podia oferecer
E em cima disso
A gente constrói os nossos sonhos
Os nossos castelos
E cria um mundo de encantos
Onde tudo é belo
Até que o alguém que a gente ama
Vacila
E põe tudo a perde

 


Queria poder sentir seus lábios,
queria poder sorrir todas as vezes que te vejo
e pelo menos uma vez esquecer que existe outro em seu pensamento
Mas a minha maior dor é que voc6e se apoia em meus ombros para chorar e me ve apenas como uma amigo...
Sei que cada vez mais eu gosto de você, mas junto com esse sentimento cersce também um medo de que nunca mais eu possa olhar para seus olhos verdes;
sinto muito não ser a perfieção que você queria, e consigo entender...vou tentar te esquecer mas como ficará meu coração?
Só preciso te dizer poucas coisas eu necessito de seus braços para me envolver e preciso de você para me fazer feliz...



Não sei se a é culpa minha ou se o encanto é maior que todas minhas defesas...
Não sei se sou um grande idiota ou um pequeno apaixonado...
Não sei se é real por ser tão difícil ou apenas um sonho por ser tão mágico...
Não sei se vou em frente ou se escolho uma esquina e tento a sorte...
Não sei se desejo muito ou se o cupido me pegou de jeito...
Não sei se desisto às vezes ou venho a falecer momentaneamente...
Não sei se sofro ou se resisto...
Não sei se sou invulnerável no ataque ou resistente na defesa...
Não sei se o pior é mudar de idéia ou não tê-la para mudar...
Não sei se é pelo medo de diminuir que às vezes deixo de crescer...
Não sei se é por crescer muito que deixo de viver de acordo com a vida...
Não sei se acabou cedo demais ou durou tempo suficiente para tornar-se inesquecível...
Não sei se estou só ou se apenas sinto sua falta diante de todo mundo...
Não sei se resisto à essa tentação ou se jamais haverá uma outra chance...
Não sei se te amo...
Só sei que a vida se vive para frente mas se entende para trás...
Só sei que quanto mais alto estou mais dificuldade tenho em manter o equilíbrio...
Só sei que nenhuma certeza fatal é pior que a dúvida ameaçadora...
Só sei que o pior não é falhar, é jamais ter tentado...
Só sei que sou apenas o que as circunstâncias me permitem ser, e não o que eu gostaria...
Só sei que é melhor o pouco na memória do que o muito no esquecimento...
Só sei que nunca se deve andar por caminhos já traçados porque eles levam somente até onde os outros já alcançaram...
Só sei que ser forte não é destruir, e sim resistir...
Só sei que o destino une e separa as pessoas, mas nada é tão forte que faça esquecer alguém tão especial...
Só sei que uma grama de exemplos vale mais que uma tonelada de conselhos...
Só sei que o que realizamos nunca é tão belo quanto às que sonhamos...
Só sei que às vezes acontece coisas tão belas que nunca pensamos em sonhá-las...
Só sei que o tempo é longo demais para quem sofre e curto demais para quem desfruta... e eterno para quem ama...
Só sei que não consigo tirar da cabeça o que não sai do coração...
Só sei que no fim de tudo dá certo, se não deu é porque ainda não chegou o fim...
Só sei que te amo...

 

Vozes e palavras, demarcando um espaço, marcando por todo infinito,
O que há para se dizer, e o que para mim já foi dito,
Palavras premeditadas, frases, e textos,
Os que machucam, nunca se cicatrizam no peito,
Há a voz que remedeia, mas nunca permanece em nossas mentes,
O que há de vagar é apenas a dor, o veneno da serpente,
Sem rumo, e dor crescente,
Desde que fui ferido pela espada do pecado alheio,
Escorre-se sangue por meu peito,
O veneno alojado em vossa boca,
É o mesmo líquido que de meu pranto tu hei de ver rolar,
E quando em um frágil momento de pranto eu similar,
Olharás para mim, com desprezo,
E sua tarefa tu pensarás Ter cumprido,
Eu estarei planejando-te um pesadelo,
À curto prazo tu sofrerás tanto quanto eu,
À longo prazo, arrependerás Ter me conhecido,
Pois minha alma não tem assassino,
Apenas há um assassino atrás de minha alma,
E da altura de meu doentio império intocável,
Zombarei de ti, enquanto esmago sua cabeça!
Coração, há muito não te possuo,
Posso viver sem ti, como sempre faço, como sempre fiz,
Sua vida, minha vida, não hei de compará-las,
Pois tu és quem quer me eliminar,
Em um momento em que eu já te eliminei!
Arremesse-se de um Arranha-céu,
Imagine a Terra como sua piedade,
Mas o mal que tu me fizeste, continuará vagando,
Sem rumo, ao me atormentar,
Não pense que de mim, a morte vai te livrar,
Pois o castigo para quem me prejudica é eterno,
Não quero te prejudicar,
Apenas quero que queime no inferno!

 

 

Existe um problema!
É loucura dizer que sou eu.
Ou dizer que é você.
O problema é outro.
Não! Não é seu pai, nem...
O problema é outro.
Não é o cachorro ou o gato, nem...
O problema é outro.
Não é o carro velho, nem a chave errada...
O problema é outro.
Nem é dinheiro, nem consumo...
O problema é outro.
Não são as drogas, nem o roubo. Será?
O problema é outro?
Sim, é muito mais sério!
O problema meu amigo, é a ...
HIPOCRISIA!

 

 

O duro não é sofrer
Por um amor perdido
Mais sim por um amor
Não correspondido

 

Não procures na angústia da saudade,
A lembrança do teu sonho reprimido
De nada valem as recordaçoes que invadem,
Se nada foram, num tempo já esquecido.
Siga em frente, a procura de ideais,
Se eles foram a razão de sua vida.
Esqueça o tempo que não voltará jamais,
Leve consigo a lembrança da partida.
Se algum dia, bem distante, reviver
Mesmo que seja, mesmo que por um instante....
A lembrança deste meu triste semblante,
Não se demore, volte logo a esquecer.

Posso ter interpretado mal
e até ter agido como um animal
Não quero me fazer de vítima
meus erros eu mesmo assumo.
E é com um doce sumo que
quero tirar esse gosto de derrota
que não me sai da mente e me apavora.

Enquanto meus braços te envolviam
os seus me repudiam
Agora conforme escrevo, sinto
a vontade de chorar.
por uma derrota, já que eu queria ganhar
chorar por uma decisão frustrada
chorar por uma amizade selada
que outro rumo tomou.

Foi um desvio de olhar
que tudo isso despertou.
E o meu jeito de amar
logo então aflorou.
Mas com um ímpeto selvagem agi,
quando deveria conter-me
e silenciar meu coração que pedia:
por TI!

A gente sempre destrói aquilo que mais ama
em campo aberto ou numa emboscada.
Alguns com a leveza do carinho outros com a
dureza da palavra.
Os covardes destroem com um beijo e os
valentes destroem com a espada

 

 
Se a cada tristeza lembro-me do teu sorriso?
Se a cada solidão sinto a tua presença?
Se a cada lágrima lembro-me do seu silêncio?
Se a cada palavra lembro-me de você?
Você está a cada ausência.
Você está a cada gesto.
Em cada amanhecer da vida.
No silêncio do meu pensamento.
Lembro-me que foi bom te conhecer.
E sentir que sou o bastante...
Para te encontrar em cada alvorecer.
Te gosto com qualidades e defeitos.
Quero somente que você me aceite apenas como sou.
Pense em alguém no silêncio da noite.
Alguém que não precisa nem do silêncio da noite para pensar em você.
Algum dia serei algo que passou na sua vida.
Mas, para mim você sempre será alguém que lembrarei com muito amor...
Te amo e sempre hei de amar...

 

 

 

Como eu odeio...
Eu odeio olhar pro lado e não ver você
Eu odeio quando o telefone toca e não é você
Eu odeio sair na rua e não te encontrar
Eu odeio não saber pensar em outra coisa sem ser você
Eu odeio só falar em você
Eu odeio chorar por você
Eu odeio não saber como você está
Eu odeio olhar nos seus olhos e ver uma pitada de dor
Eu odeio imaginar você com outra
Eu odeio ter que inventar alguma coisa pra fazer pra não ter que pensar em você
Eu odeio deixar de falar com minhas amigas pelo telefone com medo que você ligue e dê ocupado
Eu odeio quando não te abraço
Eu odeio quando sua pele não toca a minha
Eu odeio minhas noites solitárias
Eu odeio minha cama vazia
Eu odeio saber que não vou te ver
Ah... como eu odeio
Mas pior...é que de tudo isso o que eu mais odeio sou eu mesma...
Porque eu odeio amar você.